sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Jaguar revela o XJ e o XF 2013

jaguar xj e xf (Foto: Divulgação)

A Jaguar revelou na última quinta-feira (16) os novos XJ e XF, que agora contam com tração integral, nova transmissão e mais opções de motorização. Na onda do "downsizing" dos motores, ou seja, blocos menores, porém mais potentes, o 5.0 litros naturalmente aspirado da gama XJ, que rende 390 cavalos de potência, terá como "concorrente" um 3.0 litro supercharged V6, com 344 cv a 6.500 rpm e 45,9 kgfm de torque. 


Jaguar muda mecânica do XJ e do XF 2013 (Foto: Divulgação)


saiba mais

Com esse novo propulsor, a aceleração de 0 a 100 km/h ocorre em 5,7 segundos, diz a montadora. Ele vai equipar a versão de entrada (XJ), a XJ AWD e a XJL Portifolio AWD (ambas com tração integral). O motor 5.0 l continuará equipando as versões XJL Portfolio (390 cv), XJ Supercharged (com 476 cv), XJ Supersport (517 cv) e XJ Ultimate (517 cv).

O sistema de tração integral, inédito na linha XJ, manda a maior parte do torque para as rodas traseiras quando o carro roda em piso seco. Eletronicamente, o sistema monitora aderência, controle de direção e aceleração e automaticamente, pode intervir para evitar derrapagens.

O sistema também aumenta o torque nas rodas da frente para aceleração logo após alguma parada. No modo "inverno", ele otimiza o sistema para o piso mais escorregadio. O modelo conta ainda com controle de estabilidade e freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem.

Além disso, agora há o start/stop, sistema que desliga o motor quando o carro para num semáforo, por exemplo, e o religa quando o motorista pisa no acelerador. O objetivo é a economia de combustível. Segundo a Jaguar, o gasto com o motor V6 é 11% menor na cidade e 22% na estrada, na comparação com os modelos equipados com bloco V8.
jaguar awd (Foto: Divulgação)

Marca lançou a tração integral em evento em Nova York na última quarta (15), junto a uma pista de patinação no gelo no High Line Park (Foto: Divulgação)

XF
A linha XF passa ter motor 2.0 litros de 243 cv e 34,7 kgfm de torque na versão de entrada. Com ele, segundo a marca, o carro vai de 0 a 100 km/h em 7,5 segundos. O consumo médio é de 12,3 km/l de combustível na estrada, diz a Jaguar. O motor 3.0 V6 de 344 cv do XJ também equipa a versões intermediárias (XF e XF AWD, com tração integral). O XF Supercharged (476 cv) e o XFR (517 cv) continuam com o motor 5.0 V8.

Nova transmissão
O XF e o XJ também ganharam nova transmissão de 8 velocidades, em lugar daquela de 6 marchas, com borboletas ao volante (paddle shifts) que permitem a troca manual.

Além disso, diz a Jaguar, os sistemas de multimídia e de navegação foram melhorados. A marca divulgou ainda que uma edição limitada do XJ, a Supersport, será vendida apenas nos Estados Unidos com o que há de mais luxuoso em termos de acabamento na gama. Apenas 30 mil serão produzidas.

Os preços dos novos XJ e XF não diferem muito dos modelos atuais no mercado americano. O XJ de entrada teve o valor reduzido em US$ 500, para US$ 73.200. Os demais variam de US$ 117 mil a US$ 155 mil. O XF parte de US$ 46.975, também reduzido em relação ao antecessor. Esses valores não incluem frete.

0 comentários:

Postar um comentário